• Sintonia Comunicação

Digital Signage e Era da Comunicação Interna

Atualizado: 22 de Fev de 2019


Dicas e estratégias para usar mais e melhor a sua TV Corporativa!

Por: Antônio José Canjani | Sintonia Comunicação.


A geração conhecida por Baby Boomers está se a aposentando e os Millennials estão tomando os seus lugares. Só para relembrar, os Boomers são a geração que nasceu no pós-guerra, até meados da década de 60. Millennials são a geração que nunca viveu sem internet – nascidos nascidos na década de 90, um pouco antes ou um pouco depois.


O grande fato é que esses filhotes de Steve Jobs com Bill Gates estão ascendendo profissionalmente e trazendo consigo toda uma bagagem cultural própria. Atualmente, já representam mais de 50% da população economicamente ativa (dado de 2016) e uma boa parcela já ocupa cargos de gerência e direção.


Pesquisas mostram que entre as suas principais características estão:

· São mais colaborativos

· Interagem muito bem com a tecnologia

· Estão sempre antenados em novidades

· Abominam preconceitos

· São empáticos e criam conexões com os clientes

· Desejam ser empoderados

· São mais motivados pelo aprendizado do que por questões financeiras


Dentro de todo esse cenário, é fácil entender por que o Digital Signage acabou se destacando na última década. A explicação é que ele atende a todas essas expectativas dos Millenials por produzir uma comunicação direta, dinâmica, com textos curtos, imagens em movimento, gerenciado por softwares que são capazes de simplificar bastante o processo de distribuir e segmentar a comunicação para vários pontos com um simples clique de mouse.


Murais de recado e painéis de cortiça já fazem parte de um passado muito distante. Boletins e revistas impressas, também! A intranet – muito popular no início do milênio, virou um bicho de 7 cabeças, onde só se lê o essencial! Boletins e revistas eletrônicas, assim como longos e-mails, entopem as caixas de entrada e são enviados para o lixo sem nunca serem lidos. O “textão” saiu de moda, ninguém os quer nem mesmo nas redes sociais.


Por esses motivos, o Digital Signage ascendeu rapidamente e a maioria das grandes corporações já dispõe dessa ferramenta que, a cada dia, se torna mais prática e incorpora novas utilidades: inteligência artificial, comandos de voz, telas touch, reconhecimento facial e por aí se vai!


E para quem já usa o Digital Signage como parte do processo de Comunicação Corporativa, fica a reflexão: Como usar bem o potencial dessa nova ferramenta? Como ser mais lido, mais compreendido e como engajar mais e melhor esse novo público?


Ok, aqui vão algumas dicas e estratégias baseadas no trabalho que temos desenvolvido nos últimos anos para grandes empresas, com excelentes resultados que podem ajudá-lo a extrair tudo o que esse sistema tem a lhe oferecer:


A comunicação Interna Antes do Digital Signage:

- Quadros/ Lousas

- Intranet

- Boletins/ Revistas

- Boletins Eletrônicos

- Textos Longos

- E-mails


Características da Linguagem Digital Signage:

- Templates Colaborativas

- Cartazes Digitais

- Vídeos Curtos

- Textos Curtos


Tipos de Informações Mais Usadas nas Telas DS:

- Notícias Externas

- Notícias da Empresa

- Anúncios de Funcionários

- Indicadores de Tempo, Trânsito, Moeda, Finanças, Estradas e Aeroportos

- Notas do RH

- Métricas do Chão de Fábrica

- KPIs

- Apresentações de Mídia

- Mensagens de Motivação

- Cardápios de Restaurantes

- Missão, Visão e Valores



1) Persiga o Engajamento de Equipe


Se você pergunta a qualquer líder o que ele gostaria de ver na sua equipe, a resposta mais comum será:

- COMPROMETIMENTO!


Ou seja, o líder – tanto quanto um técnico de futebol, deseja sentir que a sua equipe partilha das suas ideias, do seu propósito, e que estão todos trabalhando na mesma direção! É o consagrado “#tamojunto” das redes sociais, como bem diz o Neymar.


Comprometimento nada mais é do que o compromisso emocional que o player tem com a equipe. Significa que os profissionais estão engajados e realmente se preocupam com o trabalho e com a empresa. Eles não trabalham apenas por um salário ou pela próxima promoção. Trabalham em nome dos objetivos da organização.


É essencial que as empresas busquem níveis mais altos de envolvimento da equipe, pois os funcionários que se sentem valorizados e envolvidos têm maior probabilidade de demonstrar a crença em sua organização, o desejo de melhorar e uma compreensão do contexto empresarial. Estudos mostram que as empresas obtêm melhores resultados quando sua força de trabalho é altamente engajada.


Em outras palavras, um alto nível de engajamento equivale a uma produtividade acima da média. No entanto, apenas 20% dos líderes de negócios – ou menos, no caso do Brasil - têm uma estratégia de engajamento dos funcionários.


Quando alinhada aos objetivos organizacionais e às principais métricas de sucesso, a sinalização digital interna pode ajudar a criar uma força de trabalho mais voltada para os propósitos da empresa. É nessa direção que todo o Plano de Comunicação de Digital Signage deve caminhar!



2) Estimule a Formação de Equipes Colaborativas


O Digital Signage também pode desempenhar um grande papel na criação de uma equipe que cria projetos em parceria. E já vimos que os Millenials são mais colaborativos e gostam de trabalhar nessa direção. E isso ainda pode ajudar você a pagar os boletos no final do mês!


É comum, hoje, termos CANAIS COLABORATIVOS nas grandes empresas, em que diferentes departamentos se cotizam para pagar os custos da TV Indoor e depois fazem uso comum da ferramenta.

Exemplo: RH gerencia 50% da programação, correspondente à Comunicação Institucional Interna.


Segurança gerencia 10% da programação, trazendo comunicados exclusivos. O departamento de vendas gerencia apenas as TVs alocadas na sua área, trazendo dados de mercado importantes para os vendedores e métricas a serem atingidas.



3) Gerencie o Desempenho das suas Equipes


A sinalização digital para Gerenciamento de Desempenho, Indicadores e Gestão à Vista são outros usos que estão em alta. Call Centers, empresas de tecnologia da informação e todas as outras organizações que utilizam indicadores de desempenho (KPIs) estão resgatando esses dados dos quase nunca vistos relatórios internos e passando a fazer a sua exposição de forma menos fria em telas digitais.


Mostrar esses dados em caracteres garrafais e telas com brilho e movimento, não apenas torna os colaboradores mais conscientes das métricas a serem alcançadas, como evidencia a importância de manter esses números na memória recente de todos os envolvidos.


Ao coletar informações numéricas importantes de vários bancos de dados, a sinalização corporativa se torna uma ferramenta eficaz para rastrear KPIs em tempo real.


A sinalização pode mostrar o quanto as equipes estão atingindo suas metas ou até onde elas podem ir. Ao usar métricas para decidir o que as equipes precisam fazer a seguir, os funcionários têm o poder de tomar decisões baseadas em dados, agindo de acordo com o que é realmente importante, em vez do que eles mesmos consideram importante. Conselho “de mãe”: exponha esses dados!



4) Valorize e Motive a sua Equipe


Valorizar a equipe e os funcionários que se destacam é uma prática antiga do RH, mas que pode ganhar novos contornos com o Digital Signage.


Reconhecer funcionários por meio da exposição nos canais internos é uma boa maneira de destacar o trabalho árduo e expressar o valor de um indivíduo para a empresa. Quando implementados corretamente, os programas de reconhecimento podem aumentar a satisfação dos funcionários em 15%, diretamente relacionados a um aumento na produtividade e receita.


Vídeos, fotos e registros de festas internas são sempre bem-vindos e motivo de bate-papos, piadas e brincadeiras que fazem parte do convívio. Ao trazer leveza e descontração para o ambiente de trabalho, criam-se egrégoras que fortalecem os laços entre os colaboradores, os tornando mais íntimos e participativos.


A melhor fórmula para o reconhecimento começa por agradecer a pessoa pelo nome. As telas internas de sinalização digital podem ser usadas para exibir não apenas indivíduos, mas também as contribuições dos funcionários e as pessoas que enviaram o reconhecimento – um chefe do departamento, por exemplo.


Temos visto iniciativas bastante criativas e descontraídas – muitas vezes consideradas pouco “sérias” por sisudos executivos – que têm um valor enorme para o ambiente de trabalho. Fotos de pets ou da família dos colaboradores são uma forma absolutamente brilhante de “quebrar o gelo”, sair da caixinha e aproximar as pessoas, humanizando as relações.


Lembre-se: os Millenials são muito mais informais e descontraídos que os Baby Boomers. O que é uma comunicação eficaz para um pode ser considerada extremamente chata e careta para outro.


5) Fortaleça os Valores da Empresa


Os “manuais” de boas práticas corporativas sempre batem nesta tecla: é preciso definir A MISSÃO, A VISÃO E OS VALORES da empresa! Tanto é que é difícil encontrar apenas um site de empresa que não tenha uma área dedicada ao tema. Mas, sejamos sinceros, quem os lê? Se é tão importante, por que ninguém sabe, ninguém conhece, ninguém viu?


Além da agência de comunicação, que produz o texto, e o presidente da empresa, que aprova, é muito raro encontrar qualquer funcionário que tenha claro quais são esses valores. E por quê? Porque existe, mas não é comunicado! É um conceito morto, que repousa eternamente num canto escondido do site!

Voilà! Aí está outra chance de trazer à luz, de forma clara, quais são os rumos da empresa. E não somente este, mas todas as outras diretrizes que são definidas após longas reuniões e exaustivos trabalhos, que acabam esquecidos em alguma gaveta de um departamento qualquer. Se existem diretrizes, elas devem ser conhecidas por todos!



6) Gerenciar Espaços é Outra Possibilidade


Assistimos a uma verdadeira explosão dos Coworks nos últimos anos. Além deles, as empresas estão deixando os lugares fixos e partilhando, não apenas as salas de reunião, mas também os postos de trabalho. É comum que algumas empresas concedam o home-office pelo menos 1 vez por semana aos seus funcionários. E, assim, trazem mais qualidade de vida aos funcionários e economizam espaço e recursos do escritório.


Utilizar a sinalização interna para o gerenciamento desses espaços comuns é uma outra maneira de aproveitar a tecnologia e gerar economia.


Com soluções de sinalização digital, as organizações podem tornar mais fácil para as pessoas trabalharem juntas. Esse processo pode ser integrado a sistemas internos de negócios, melhorando efetivamente o ambiente de trabalho e reduzindo os custos imobiliários.



7) O Autoatendimento Facilita a Vida de Todos


Por fim, o AUTOATENDIMENTO se popularizou de tal forma que é de se esperar que a partir de um certo tamanho as empresas instalem terminais para auxiliar funcionários e visitantes com informações básicas, que podem ser obtidas de forma rápida:


- Onde fica o departamento de RH? (Mapa do site)


- Quais documentos necessito levar ao RH para efetuar registro em carteira?


Essa solução, que pode incluir mapas de localização do prédio, juntamente com as direções destacadas, facilita o dia-a-dia, economiza tempo dos funcionários e reduz filas.



8) Procure Impactar o "Clima Organizacional"


Pesquisas apontam que menos de 20% das empresas têm se dedicado a criar um clima organizacional coerente com a sua proposta de trabalho, enquanto que quase 100% dos executivos consideram que o clima da empresa causa muito impacto na produtividade.


O tom de voz adotado, o tipo de mensagem veiculada e o grau de amistosidade nas TVs corporativas é outro elemento que pode colaborar fortemente com o CLIMA DA ORGANIZAÇÃO.


Se a sua empresa está passando por uma situação difícil, mostrar um lado positivo pode ter grande impacto sobre todos. Tratar a questão não como problema, mas como um novo desafio, mudando a ótica das coisas, pode ser outro caminho válido.


E se a sua empresa está em plena expansão, nada melhor do que fortalecer o “SENTIMENTO DE PERTENCER”, o orgulho de fazer parte de uma organização próspera e que tem muito a oferecer aos seus funcionários!



9) Big Data: É Preciso Tocar Nesse Assunto


Sim, é preciso tocar nesse assunto, porque muita gente fala na importância dos dados relevantes para as tomadas de decisão, mas pouco se tem feito para comunicá-los devidamente.


Devido aos avanços tecnológicos, a definição de Big Data mudou ao longo dos anos. No entanto, uma coisa que permanece igual é que o volume de dados continua crescendo a uma velocidade extremamente rápida. Todos os dados, em qualquer formato, que sejam usados para se obter percepções e gerar valor são considerados Big Data. Mas... o que fazer com esses dados? Expô-los em relatórios que ninguém lê?


Se os Big Data são tão importantes para gerar percepções, é hora de fazer um esforço de integrá-los ao dia a dia das organizações! Números de mercado, métricas de venda, registros passados e tudo que for importante deve ser EXPOSTO e EXALTADO, para que cada colaborador seja detentor dessa informação, podendo tomar decisões e achar rumos coerentes com os objetivos da organização.



10) Ambientação: A Primeira Impressão é a que Fica


AMBIENTAÇÃO é outro uso que acrescenta uma aura de magia, modernidade e muita classe para escritórios decorados com telas digitais. Alguns arquitetos e designer s têm sido bem ousados: janelas digitais com paisagens naturais... paredes de vidro com cachoeiras... vídeos cinematográficos em grandes formatos...


A entrada para o escritório é a sua primeira oportunidade para envolver tanto funcionários quanto visitantes. Os murais digitais são uma forma muito interessante de oferecer a experiência "incrível" para ambientar, veicular a sua mensagem e encantar as pessoas.


Nas áreas de espera, a sinalização digital tem a função de encurtar o tempo de espera percebido e/ou reforçar a marca.


Adorei ver uma tela de Digital Signage usada como quadro... A diferença é que as “pinturas” se sobrepõem, mostrando diversas obras de arte. Simplesmente mágico!



11) Gere Estímulos: TV ao Vivo


À medida que uma nova força de trabalho assume o escritório, você precisa encontrar maneiras inovadoras de impactar o público. As “lives”, ou as transmissões ao vivo, já são populares nas mídias sociais e não podem ficar de fora. São estímulos de integração e dinamizam o corpo profissional.


Palestras, mensagens do presidente, eventos... são bons motivos para reunir a equipe e aprender em grupo!



12) Centralize, Padronize, Agilize!


Para centralizar, padronizar e agilizar a comunicação, não existe ferramenta melhor. O Digital Signage proporciona todos esses benefícios. Relatórios mensais de publicação, subadministradores, preview, moderação e diversas outras funcionalidades são possíveis com um bom software em mãos.


Nada melhor do que um exemplo real, então trago o print aqui de um diálogo cotidiano em nossos escritórios que simbolizam muito bem a questão “versatilidade e agilidade”. No caso, um grande cliente, uma Confederação Empresarial que possui um Teatro no Centro de São Paulo. Willian é nosso técnico, responsável pelo monitoramento e manutenção do sistema. E o atendimento por WhatsApp.



13) A Força do Impacto da Informação


Se você não está familiarizado com estratégicas de campanha, dê um pulo até a sala do marketing e pergunte a eles qual é o papel que tem o brilho e o movimento para atrair a atenção das pessoas. A resposta será, sem dúvida, “é fundamental”!


O brilho e o movimento são 10 vezes mais eficientes do que uma imagem parada. Por isso, os outdoors que possibilitam a colocação de imagens e vídeos são muitíssimos mais valorizados como espaço publicitário do que os cartazes inanimados.


Na comunicação interna, dá-se o mesmo. O movimento e o brilho dos écrans, se feito com talento e um pouco de criatividade, darão um impacto de leitura muitas vezes superior do que qualquer tipo de peça imóvel, seja ela um texto de intranet ou um cartaz impresso.


Por fim, a comunicação fica cada vez mais difícil à medida que os colaboradores são inundados com ligações, reuniões e e-mails, e afogados em mensagens que chegam a todo instante. E você, por outro lado, que precisa transmitir informações importantes, não pode deixar que suas mensagens sejam postas de lado. Soluções existem, mas é preciso acompanhar o ritmo da comunicação atual.


Perguntas sobre o tema podem ser enviadas para antonio@sintonia.com.br. Se você não quer seu nome exposto, nem o de sua empresa, sinalize isso em sua mensagem. Até a próxima!






113 visualizações

© 2016 POR SINTONIA COMUNICAÇÃO.

atendimento@sintonia.com.br    Rua Teodoro Sampaio, 1765 - 1º Andar - Pinheiros - São Paulo.